10 comidas típicas de festas juninas

Sabemos o quanto é difícil passar por meses como Junho e Dezembro sem ganhar aqueles indesejáveis quilinhos a mais, não é? Mas de forma moderada e consciente todos nós podemos sim curtir essas épocas tão bem-vindas em nossa calendário. E como estamos em Junho, trouxemos dez comidas deliciosas que já fazem parte da culinária brasileira e estão presentes em todas as festas juninas.

1 – A pamonha é um dos principais pratos que não podem faltar nessa lista, pode ser feita salgada ou doce geralmente. É presença mais do que certa em todas as festas juninas do Nordeste. Mas será que você sabia que as festas juninas já eram comemoradas pelos índios no mês de junho com a cantoria e danças para celebrar a colheita produtiva?

2 – A canjica é uma das comidas mais tradicionais das festas juninas. Certamente essa é outra que não pode faltar em nenhum festejo junino. Tem origem africana e leva creme de leite, o milho verde, leite, açúcar e canela em pó como ingredientes.

3 – Mungunzá é uma iguaria típica da culinária brasileira e presença confirmada nas festas juninas. É um prato doce e também de origem africana. Presente em onze de cada dez festas juninas.

4 – Bolo de milho embora seja consumido durante todo ano é tradicionalmente associado às festas juninas. E essa associação advém do fato de que as festas juninas acontecem na mesma época da colheita do cereal.

5 – O bolo pé-de-moleque é uma das maiores tradições das grandes festas juninas de todo o Nordeste. Ele é feito com farinha de mandioca, ovo, goiabada, coco e castanha de caju.

Veja também:

6 – O Arroz doce é feito a partir de arroz cozido em leite condensado e açúcar temperado com canela em pau, chá de camomila, cravo etc. Geralmente é polvilhado com canela.

7 – Esse alimento é mais do que obrigatório em todas as festas juninas, o milho cozido e assado. E para quem prefere não se arriscar muito na cozinha, o milho cozido é uma ótima maneira de aproveitar o espírito de festa junina de um jeito mais prático, rápido e delicioso, mas também faz parte da tradição do Nordeste. Afinal,  se não comer um milho assado na fogueira é mesmo que não ter acontecido festa junina.

8 – O bolo de macaxeira é conhecido também como mandioca ou aipim. No seu preparo vai ter mesmo a macaxeira, mandioca ou aipim cozido. Presença mais do que obrigatória também em toda e qualquer festa junina.

9 – A maravilhosa e tradicional pipoca geralmente nesses tempos aparece em diversos sabores diferentes, podendo ser encontrada doce, salgada, salgada com gengibre e shoyu, doce com leite condensado ou pode usar com baunilha e canela para uma alimentação saudável e, no caso, se desejar saber qual a porção adequada o ideal é procurar orientação de um nutricionista para que seja realizada uma avaliação e te ajudar no emagrecimento.

10 – Pra finalizar mas não menos importante, a suculenta maça do amor está sempre presente também nas festas juninas. Ela é mergulhada em caldas de açúcar com o cabo de palito de picolé. Essa, devido ao nome bastante sugestivo, faz muito sucesso entre os casais. Sim, o romantismo está mais do que presente também nas festas juninas.

Como você acabou de ler, esse mês de junho é um mês extremamente difícil de manter em dia ou começar uma nova dieta, mas nada melhor do que comer de forma moderada, não é? Até mesmo para poder comer de tudo um pouco e não acabar com uma dieta que já vem fazendo há meses. Então, comendo com consciência dá pra comer sempre alimentos saborosos sem ficar com aquela famosa e incômoda culpa. É aquela coisa, “meta o pé na jaca, mas com moderação”. Até a próxima, gente! =D

Parabéns! você ganhou acesso a várias receitas que vão te ajudar a emagrecer!