Pipoca engorda ou emagrece? Tire todas as suas dúvidas agora!

Olá, tudo bem? Hoje vamos falar um pouco sobre uma comida que praticamente quase todo o mundo gosta, que é a pipoca. Mas finalmente ela engorda ou emagrece? Quantas calorias tem nos diferentes tipos de pipoca? Como é que agente faz para preparar em casa uma pipoca que não tenha gordura? E será que comer pipoca à noite vai fazer você engordar? Pipoca doce, pipoca salgada, qual é a melhor opção para você?

Antes de começar a falar dos diferentes tipos de pipoca de forma mais detalhada, é importante falar um pouco sobre as calorias de cada uma delas. Afinal, tem vários tipos de pipoca que realmente engordam mais do que outras.

Então vamos começar por aquela pipoca que a gente faz em casa mesmo, que a gente pega a panela, coloca o óleo, o milho, o sal, enfim, aquela pipoca com gordura e com óleo. Nesse tipo de pipoca, uma xícara tem 55 calorias, 3 gramas de gordura e mais ou menos 6 gramas de carboidrato.

Se a gente for comparar esse tipo com a pipoca feita sem gordura, esta na mesma quantidade de uma xícara tem só 32 calorias, aí vem menos de 1 grama de gordura. A diferença é considerável, não é? E também os mesmos 6 gramas de carboidrato, porque afinal de contas só o que a gente tirou foi a gordura.

Fique longe das pipocas de cinema

Vamos falar agora sobre as as pipocas mais complicadas de se consumir. Começando pela pipoca de microondas. Em uma porção dela tem 106 calorias, mais ou menos 6 gramas de gordura e 12 gramas de carboidrato. E tem também a pipoca do cinema, que é bem mais complicada porque em um saco médio, mais ou menos, você tem mais ou menos 590 calorias e dessas 590 calorias, 37 gramas de gordura e 54 de carboidrato, é realmente um absurdo.

A pipoca doce, que é aquela que a gente faz em casa ou, de repente, compra pronta, mas que é o milho com a gordura também, que pode ser acompanhada também de achocolatado ou outras guloseimas. Em média, em 1 xícara tem 87 calorias, com 1 grama de gordura e 21 de carboidrato. Então, se a gente for dar uma olhada nesse panorama geral das diferentes pipocas, a pipoca que ganha, sem dúvida, é a pipoca feita sem gordura.  Definitivamente a menos prejudicial.

Além disso, uma coisa que vale a pena dar mais ênfase, é que se tem algo na sua vida que você tem que evitar consumir mesmo são as pipocas de cinema. Porque você já viu a quantidade de gordura e de caloria que elas têm, mas além disso tem uma quantidade de sódio muito grande. E o sódio é justamente o componente do sal que vai fazer com que você acumule mais peso por retenção de líquido, por ficar mais inchado(a), além desse acúmulo de líquido no organismo ser bastante prejudicial para a sua pressão arterial. Então a melhor coisa a se fazer é evitar de vez a pipoca de cinema.

Em relação à pipoca do microondas, além da grande quantidade de sódio, ainda tem dois problemas bem complicados. O primeiro é a questão da embalagem da pipoca. Existem muitos estudos que têm falado que ela pode ter potencial cancerígeno. Isso ainda não é um consenso, mas é uma questão que temos tem que ficar bem atentos e acompanhando ao longo do tempo, se isso realmente se evidencia ou não.

E o outro problema é a qualidade da gordura que é adicionada a essa pipoca. A maioria das pipocas é feita com gordura trans, porque ela suporta temperaturas muito altas com mais estabilidade. A gordura trans é bastante prejudicial para o nosso organismo, principalmente por uma questão de placa de ateroma, que enrijece mais, então também para essa questão cardiovascular é muito complicada. E tem também em algumas pipocas de microondas a olestra, que é um tipo de gordura artificial e que diminui a absorção de gorduras essenciais para a gente, também carotenoides.

Então é bem importante que você tente consumir pipoca sem olestra. E essa informação sobre se tem olestra ou não é uma regulamentação já fechada no Brasil. Se tiver olestra, eles têm que colocar no rótulo. Então quando você for comprar, recomendamos que não faça a opção da pipoca com esse ingrediente, sua saúde agradece.

Um outro detalhe interessante sobre essas pipocas de microondas que vale a pena ressaltar é que hoje em dia existem muitas opções no mercado. Tem pipoca light, orgânica e várias outras opções. Então dê uma olhada e faça uma comparação entre os rótulos e tente comprar uma pipoca com uma quantidade menor de gordura, que é mais saudável para você. Porque mesmo sendo uma pipoca que não é saudável, mas se realmente você consome, que opte pela que tiver menos gordura. Além disso, evite comprar aquelas que têm aroma de bacon, aroma de queijo, aroma de alguma coisa, ou as que têm aquele saquinho à parte. Porque a única coisa que você vai consumir nesses saquinhos é bastante conservante, infelizmente.

Vai comprar pipoca doce? a mesma coisa, evite aquelas que têm uma calda fora, sabe? Que você mistura, porque aí é mais gordura e mais carboidrato, mais açúcar que vai piorar ainda mais a qualidade dessa pipoca.

E a pipoca feita em casa, é saudável?

Vamos falar agora sobre a pipoca que a gente faz em casa, e se a gente for analisá-la de forma geral, é um alimento saudável. A pipoca é bastante rica em fibra, e a fibra te ajuda a dar muita saciedade, deixa você satisfeito(a) por mais tempo. E tem mais duas questões muito interessantes sobre pipoca. Primeiro, é que a pipoca é um alimento gostoso, praticamente todo o mundo gosta de pipoca. E tem aquele ideal imaginário de que pipoca é quase como se fosse um petisco. Uma coisinha gostosa, que você come, assim sentado(a) no sofá, vendo um bom filme, vendo uma série ou até mesmo um jogo. Então, também é importante que na nossa vida a gente tenha prazer na alimentação, e a pipoca traz isso para você também, porque ela é um alimento saudável, se você fizer da maneira correta.

Se você substituir um lanche mais calórico por pipoca, pode sim te ajudar a perder peso. E esse é um detalhe muito importante. Bom, aí você deve estar se perguntando então: onde é que mora o perigo da pipoca? Porque existem algumas coisas que você pode botar na sua pipoca. Então, tem duas coisas que são bem complicadas: o primeiro é o que, na forma que você vai fazer a pipoca, e o segundo é o que você vai botar nessa pipoca para dar mais sabor, porque raramente as pessoas ficam satisfeitas somente com a pipoca pura, sem misturar nada com ela. Sempre tem que botar mais coisa para ficar mais gostoso.

Então, gente, é sempre bom ter em mente que é sim possível comer pipoca numa quantidade razoável sem a preocupação de ganhar peso. É só não misturar nada a ela, seja doce ou salgada, nada de colocar queijo ralado, leite condensado, chocolate etc. Só reforçando que quanto mais simples for o preparo, não terá problemas com o ganho de peso. Mesmo sabendo que a gordura aumenta a palatabilidade dos alimentos, quanto menos se usar, melhor. Enfim, coma a sua pipoca de forma saudável e feliz. Mas fala pra gente, como você costuma comer pipoca? Doce, salgada? Tem alguma receita que deseja compartilhar conosco? Participa nos comentários.

Parabéns! você ganhou acesso a várias receitas que vão te ajudar a emagrecer!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *